• 19 de fevereiro de 2015
  • 0

Maranhão terá prejuízo de R$ 632 milhões com feriados

Apenas os dois feriados estaduais gerarão perdas de R$ 97 milhões

Apenas os dois feriados estaduais gerarão perdas de R$ 97 milhões

SÃO LUÍS-MA: Os nove feriados nacionais previstos para este ano e sete pontos facultativos, dos quais três já são considerados feriados no país (segunda-feira e terça-feira de carnaval e Corpus Christi), somados aos dois feriados estaduais – que caem no meio de semana – devem gerar perdas de 632 milhões para a indústria maranhense.

O volume de recursos corresponde a 5,24% de todo o Produto Interno Bruto (PIB) gerado pelo setor industrial no Estado, estimado em R$ 12, 057 bilhões. O percentual faz com que o Maranhão tenha a maior perda relativa do País, segundo levantamento da Federação das Indústrias do Rio de Janeiro (Firjan).

Somente os feriados estaduais vão deixar de render R$ 97 milhões ao parque industrial maranhense. Para se ter uma ideia, o PIB diário da indústria local é de R$ 49 milhões. “As estimativas apresentadas [no estudo da Firjan] não deixam dúvidas a respeito do elevado custo dos feriados para a indústria brasileira”, ressalta a entidade, em nota. “Mas as perdas não se restringem às empresas. As paralisações na atividade industrial provocam uma grande perda de arrecadação tributária para o governo”, acrescenta.

Em todo o País, o volume de perdas previsto é de até R$ 64,6 bilhões. “É um volume enorme de feriados estaduais e 32 este ano caem em dias de semana. A conta salgou muito em 2015, porque mais feriados caíram em dias de semana”, destacou o gerente de Economia e Estatística da Firjan, Guilherme Mercês.

O volume de recursos corresponde a 5,24% de todo o Produto Interno Bruto (PIB) gerado pelo setor industrial no Estado, estimado em R$ 12, 057 bilhões.

Ele disse que dos 12 feriados nacionais, 11 caíram em dias de semana, resultando em três a mais do que no ano passado. Nos estados, um feriado a mais cai também em dia útil. Segundo Guilherme Mercês, a perda calculada para a indústria brasileira com os feriados representa 4,8% de tudo que a indústria produz. Em 2014, a perda representou 3,6% do PIB. Os números consideram um PIB industrial estimado de R$ 1,355 trilhão para 2015.

Deixe o seu comentário