Deputado é suspeito de usar diploma falso no registro da candidatura

Será se o deputado Josimar (PR) sabe onde funciona a escola onde ele estudou em São Luís? Lembra, por exemplo, de algum amigo de turma? E quem foram seus professores?

O diploma apresentado ao Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão (TRE-MA) pelo deputado estadual, Josimar Cunha Rodrigues, o ‘Josimar de Maranhãozinho’ (PR), comprovando a sua escolaridade pode não ser verdadeiro. O documento expedido pelo Colégio Pentecostal Cândido Rodrigues, sediado na capital do Maranhão, São Luís, informa que o “Moral da BR”, como é mais conhecido, concluiu a 8ª do ensino fundamental na entidade em 1999. No entanto, um vídeo divulgado no YouTube mostrando a trajetória do politico, antes de se tornar prefeito e deputado, levanta suspeita para a compra do diploma.

Em 2008, Josimar declarou à Justiça Eleitoral possuir ensino médio completo

COMO FEZ PARA CONCILIAR O ESTUDO COM AS VIAGENS DAS VENDAS? Em 2008, Josimar declarou à Justiça Eleitoral possuir ensino médio completo

A Lei Eleitoral proíbe a candidatura de pessoas que não sabem ler e escrever. Em 2008, ao registrar candidatura para disputar a reeleição de prefeito da cidade de Maranhãozinho, Josimar afirmou ter ensino médio completo. Mas as contradições começam a surgir nas cenas que foram gravadas quando ele participou de um clip para comemorar o aniversário de 41 anos da cidade que administrava.

Deputado pode ter que explicar na Justiça o vídeo com declarações que mostram as contradições de sua escolaridade.

– Josimar saiu de sua terra natal, Várzea Alegre, interior do Ceará, aos 14 anos. Em 1992, foi vendedor ambulante em várias cidades, inclusive, Manaus [no Estado do Amazonas] – diz trecho do vídeo disponível na internet.

O histórico do diploma apresentado à Justiça Eleitoral, informa que em 1992, Josimar concluía a 1ª serie do ensino fundamental na capital maranhense. Se no vídeo, o deputado diz que nessa época ‘trabalhava como vendedor viajando’, como fez para conciliar o estudo em São Luís com as viagens pelo País de suas vendas, conforme o documento apresentado ao TRE-MA no ato do registro de sua candidatura?

Documento diz que deputado concluiu 1ª do ensino fundamental em 1992, mas nesse período, segundo declaração do próprio deputado no vídeo, ele trabalhava viajando como vendedor

Documento diz que deputado concluiu 1ª série do ensino fundamental em 1992, mas nesse período, segundo declaração do próprio deputado no vídeo, ele trabalhava viajando como vendedor pelo País

A suspeita de fraude fica mais evidente quando em determinado trecho, o documentário cita que o parlamentar chega ao Maranhão, em 1995.

– Em 1995, em sociedade com o irmão Aldir, Josimar compra uma fazenda no estado do Maranhão, no então povoado de Maranhãozinho – informa trecho da gravação. O problema é que o diploma usado no registro da candidatura diz que em 1995, Josimar concluía a 4ª série do ensino fundamental em São Luís.

CASO INÉDITO NO BRASIL
O caso sobre a escolaridade do deputado maranhense é um mistério para a lei da Física segundo a qual “um corpo não pode ocupar, ao mesmo tempo, dois lugares no espaço”. Talvez o “Moral da BR” tenha descoberto a saída para o problema do analfabetismo maranhense. Quem sabe ele seja reconhecido como o Prêmio Ideia, que está sendo promovido pelo MEC.

QUASE UM DOUTOR. Em 2014, ao registrar candidatura de deputado, afirmou que possui o 'superior incompleto'

QUASE UM DOUTOR. Em 2014, ao registrar candidatura de deputado, afirmou que possui o ‘superior incompleto’

QUASE UM ‘DOUTOR’
Em 2014, Josimar voltou a apresentar um documento indicando estar cursando o ensino ‘superior’ ao fazer o registro de sua candidatura para deputado. No entanto, o quase ‘doutor’ acabou contribuindo ainda mais com os indícios da suposta prática de  estelionato.

O caso fica mais evidente ao analisar um pronunciamento do parlamentar na tribuna da Assembleia Legislativa com o documento apresentado à Justiça Eleitoral. Em vários trechos de sua fala, o deputado não consegue pronunciar algumas palavras corretamente.

Quem acompanha os discursos do parlamentar na ‘Casa do Povo’ nem consegue imaginar que é alguém com ensino médio completo e que ‘cursa’ o ensino superior.

OUÇA:

PREFEITO TAMBÉM É SUSPEITO
O prefeito de Maranhãozinho, José Auricelio de Morais Leandro, o Auricelio (PR), ex-motorista de Josimar, também é suspeito de apresentar documento falso à Justiça Eleitoral para registrar candidatura em 2012. Na próxima semana, vamos mostrar como ele fez para conseguir os documentos e quem de fato vem administrando a prefeitura da cidade.

auricelio

EVOLUÇÃO DO PATRIMÔNIO
Na próxima semana, o blog vai publicar um post mostrando que o patrimônio do deputado Josimar Cunha, triplicou o valor de seus bens de 2000, 2004, 2008 e 2014. Os dados analisados apontam que a soma do patrimônio do parlamentar praticamente dobrou entre as quatro eleições.

PERGUNTAR NÃO OFENDE?
Será se os órgãos competentes terão coragem de investigar o parlamentar por suposto crime de falsidade ideológica e uso de documento falso?

2 Comentários

Deixe o seu comentário