• 5 de maio de 2015
  • 0

Empreiteira contratada em Miranda do Norte tem sede fantasma

A J. Kilder Construções e Serviços Ltda, que foi responsável pelos serviços de reforma e ampliação de escolas no município de Miranda do Norte (a 124 quilômetros de São Luís), é uma empresa sem sede. Segundo dados obtidos junto a Receita Federal, o endereço da empresa registrado, inclusive, na Junta Comercial do Maranhão (Jucema) é Alameda IV, Número 2, Bloco R, Apartamento 102, Condomínio Atlântico, no bairro Bequimão, em São Luís. O local, porém, é um apartamento residencial que nem de longe lembra a sede uma construtora.

O representante da empresa é Francisco Jesselino Aragão Costa. Ele também seria proprietário de outra empresa – a F. J. Aragão Costa – que tem endereço registrado num casebre, localizado no município de Raposa, que fica na região metropolitana da capital.

De acordo com informações obtidas pelo blog, utilizando apenas uma das construtoras – a J. Kilder Construções e Serviços Ltda – o empresário Francisco Aragão já faturou mais de R$ 10 milhões de reais, através de contratos com as prefeituras de Cantanhede, Primeira Cruz, Turilândia, Santa Helena, Santa Luzia, dentre outras prefeituras do interior.

INDÍCIOS DE IRREGULARIDADES
Em Miranda do Norte, por exemplo, o contrato 003-2012-001 entre a Prefeitura e a empresa, no valor total de R$ 370.450,00 (trezentos e setenta mil quatrocentos e cinquenta reais), foi assinado em fevereiro de 2012, pelo prefeito José Lourenço Bomfim Júnior, o “Júnior Lourenço” (PTB) e o empresário Francisco Jesselino Aragão Costa. No entanto, os indícios de irregularidades ficam mais claros após a data da publicação: assinado em fevereiro de 2012, o contrato só foi publicado no Diário Oficial da União (DOU), em julho de 2014, ou seja, três anos depois da assinatura do acordo.

Foto 04

O contrato afirma que a empresa tinha um prazo de 90 (noventa) dias para concluir os ‘serviços’ de reforma e ampliação das unidades de ensino. Dados obtidos pelo blog revelam que a empreiteira de fachada que recebeu mais de R$ 300 mil de reais da prefeitura de Miranda, fez doações no valor de R$ 10 mil para a campanha do prefeito de Pio XII, Paulo Veloso (PRB). Na próxima semana o blog vai trazer um post que revela o laranjal por trás dos negócios que envolvem a construtora. A matéria que vai revelar todos os contratos da empresa de fachada pode mexer profundamente com o meio político maranhense.

doacao1

Deixe o seu comentário