Auditoria aponta irregularidades em Presidente Médici

Auditoria realizada pela Controladoria-Geral da União (CGU) na Prefeitura de Presidente Médici constatou irregularidades na execução de diversos programas federais para a área da educação.

Prefeita Gracielia Holanda de Oliveira tem 10 dias para explicar irregularidades à CGU

Foram identificados problemas em todos os setores investigados, com a maioria das irregularidades envolvendo despesas de transporte de alunos, pagamento de funcionários, compra de merenda, material escolar e aquisição de combustível. O blog já está de posse do relatório da fiscalização e vai publicar ainda hoje as principais irregularidades encontradas pelos auditores. Aguardem!

2 Comentários

Deixe o seu comentário