Umbelino Ribeiro manipula conferência ao deixar de convocar parte dos professores

IMG-20150520-WA0011A educação pública tem sido tratada com irresponsabilidade por parte dos gestores municipais do Maranhão. As frequentes constatações por órgãos públicos e pela própria população ilustram a falta de compromisso desses gestores. Na cidade de Turiaçu, administrada pelo prefeito Umbelino Ribeiro, aconteceu a Conferência Municipal de Educação, nesta quarta-feira (20). Porém o evento foi manipulado por Umbelino Ribeiro e aliados.

A conferência contou apenas com a participação de pessoas escolhidas “a dedo” pelo grupo político que está no poder. Desde vereadores da base, secretário de educação do município e alguns professores. Ou seja, tudo o que foi deliberado durante o evento foi tendencioso e manipulado.

Servidores considerados “polêmicos” foram colocados de fora da conferência visto que não receberam comunicado de horário, local e data da conferência.

O encontro tem extrema importância e serve como base para a gestão democrática do setor, onde representantes de toda a sociedade participam e debatem acerca de problemas com o objetivo de se apresentar soluções. As deliberações compõe o Plano Municipal de Educação (PME) para fazerem parte do Plano Nacional de Educação (PNE).

IMG-20150520-WA0011

1 comentário

  • Edmar Costa Filho

    21 de maio de 2015 09:00:24

    Senhor “jornalista em formação”,

    Como o título sugere, realmente o autor desta publicação (sobre a Conferencia do PME de Turiaçu) tem uma formação deficitária (em processo formação), mas por isso mesmo, deveria ter o cuidado com o que publica, para que não se torne um jornalista sem credibilidade.
    A propósito da publicação, tudo que o “jornalista em formação” relatou não corresponde à realidade dos fatos, portanto, repudiamos os comentários, porque não correspondem à verdade.
    Pelo visto o jornalista não sabe sequer o significado de CONFERENCIA, pois a confunde com AUDIENCIA PÚBLICA, onde, neste caso, seria convocada toda a população.
    Se fôssemos convidar toda a sociedade turiense para o evento, este seria realizado em um estádio, e não em um auditório.
    Na verdade a nossa CONFERENCIA foi muito bem representada por todos os seguimentos da sociedade civil turiaçuense, cujos participantes foram livremente indicados por suas representações. Nela compareceram, por exemplo, líderes das instituições religiosas, o Promotor de Justiça, os Vereadores (e todos foram pessoalmente convidados), a Pastoral da Juventude, das crianças e dos idosos da Igreja Católica; estavam presentes representantes dos movimentos sindicais, assim como representantes da comunidade escolar (Diretores, Professores, Pais de alunos e estudantes); inclusive estiveram presentes pretensos candidatos a Prefeito. Enfim, foi uma conferencia muito democrática. E foi um sucesso.
    Agora, se na visão do jornalista isso significa “manipulação”, então não sei o que é democracia. Realmente, esse autor prova que não tem formação.
    A Conferencia foi realizada seguindo os trâmites das leis e o prefeito Umbelino jamais interferiu nesse processo. Aqui em Turiaçu, como é público e notório a SEMED tem toda autonomia para cuidar dos assuntos da Educação.
    O jornalista e os “polêmicos” deveriam sim, parabenizar A SEMED de Turiaçu, que ja fez o seu PME e irá aprová-lo antes mesmo do prazo máximo. E somos um dos poucos do Maranhão a realizar tal feito.
    Portanto, como Técnico Municipal do PME de Turiaçu, deixo aqui o meu repúdio ao jornalista falastrão e mal informado. Publicações como essa não merecem nenhum credibilidade de minha parte. E como diria o Bóris, “isso é uma vergonha”.

    Professor Edmar Costa Filho (Dezinho) – Técnico Municipal do PME.

Deixe o seu comentário