• 1 de dezembro de 2016
  • 0

Moradores protestam contra corrupção em Pirapemas

Com faixas e cartazes, manifestantes disseram que não aguentam mais a corrupção praticada pelo prefeito Iomar Salvador.

Com faixas e cartazes, manifestantes disseram que não aguentam mais a corrupção do prefeito Iomar.

O silêncio da pacata cidade de Pirapemas, distante a 18 quilômetros de São Luís, foi quebrado pelos gritos de protesto contra a corrupção na Prefeitura. Estudantes, professores, servidores e aposentados estiveram reunidos no último fim de semana, naquele município, para cobrar que os suspeitos não fiquem impunidade pelos supostos crimes usando, inclusive, dinheiro público.

Com faixas e cartazes, os manifestantes deram o recado de que não aguentam mais a corrupção praticada pelo prefeito Iomar Salvador (PRB). E ao invés de criticar apenas os políticos, foi dado o recado para quem deveria julgar os supostos crimes: a própria justiça.

Populares tomaram as ruas do município repudiando denúncias de crimes

Populares tomaram as ruas  repudiando corrupção envolvendo prefeito do município.

Desde o mês passado, o blog vem mostrando casos de irregularidades envolvendo a gestão do prefeito Iomar Salvador. Numa das matérias, mostramos que o próprio genro dele, que é secretário de Planejamento Orçamento e Gestão do Município terá que prestar esclarecimentos ao Tribunal de Contas do Estado (TCE) sobre contratos realizados durante a sua gestão com indícios de superfaturamento. Desde que sentou na cadeira de chefe do órgão, há quatro anos, o secretário viu seu patrimônio pessoal multiplicar por dez.

>>Secretário de Pirapemas vira réu por riqueza ilícita

>>Pirapemas já pagou R$ 88 mil por imóvel de servidor

>>”Notas frias” teriam justificado gastos em Pirapemas

>>Compra de materiais de informática está sob suspeita em Pirapemas

>>Secretário de Pirapemas é alvo investigação do TCE

>>Vereador eleito em Pirapemas recebeu quase R$ 2 milhões da prefeitura

Com cartazes com as inscrições “Como apagar essa vergonha?”, “Fora prefeito, o povo te rejeita”, “Queremos Justiça” e com balões brancos e vermelhos, os populares tomaram as ruas do município repudiando o abuso de poder econômico supostamente praticado pelo chefe do executivo municipal que foi reeleito nas eleições deste ano com suspeitas de compra de voto, uso da máquina pública, além de transferências irregulares de títulos eleitorais, utilizando agentes de saúde, que expediam fichas de atendimento usadas como comprovante de endereço para a prática de transferências irregulares de títulos eleitorais.

Leia mais notícias em blogdoantoniomartins.com e siga nossa página no Facebook. Envie fotos, denúncias e informações ao blog por WhatsApp pelo telefone (98) 99158 6766.

Deixe o seu comentário