• 13 de dezembro de 2016
  • 0

Gil Cutrim manobra para aprovar as contas na Câmara

Só vereadores podem tornar Gil Cutrim inelegível por contas.

Só vereadores podem tornar Gil Cutrim inelegível por contas.

Depois de ter ficado à deriva nas eleições deste ano em São José de Ribamar, o prefeito Gilliano Fred Nascimento Cutrim, o Gil Cutrim (PDT), decidiu agir rápido para tirar do seu caminho qualquer empecilho que possa lhe impedir de disputar uma vaga na Câmara Federal daqui a dois anos.

Acusado de várias irregularidades em suas contas, Gil Cutrim iria terminar o mandato tranquilo, pois sabia que poderia contar com a anuência do pai – o conselheiro Edmar Cutrim, no Tribunal de Contas do Estado (TCE). O problema é que em gosto deste ano, o Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu que só uma Câmara de Vereadores pode tornar inelegível um prefeito que teve suas contas rejeitadas ou não por um Tribunal de Contas.

Quando percebeu que o órgão do qual o pai faz parte não teria mais esse poder, o chefe do executivo ribamarense mudou a estratégia: começou a manobrar para acelerar na Câmara a tramitação do parecer das contas do exercício financeiro de 2012.

Em abril de 2015, o Tribunal de Contas do Estado (TCE) deu parecer prévio pela aprovação as contas de Gil Cutrim, mas o parecer precisa ser avaliado pelo Legislativo local e pode repercutir no futuro do prefeito, que pode ou não ficar inelegível por oito anos, dependendo da votação.

Estranhamente, o processo chegou à Câmara de forma estranha. O blog apurou que na Corte de Contas existem vários casos que sequer foram encaminhados para as Casas Legislativas dos respectivos gestores que, assim com o prefeito ribamarense, também tiveram pareces julgado.

De acordo com informações, na pauta de hoje da Câmara de São José de Ribamar estariam votações relativas à tramitação da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para 2016 e a discussão sobre contas de Cutrim.  No entanto, desde a semana passada, o vereador Manoel Albertin Dias dos Santos, o Beto das Vilas (PV) tenta colocar a matéria em apreciação, mas não estaria contando com apoio da maioria dos colegas que chegaram a esvaziar o plenário para não ter quórum suficiente para aprovar a matéria. Até o fechamento desta edição ainda não tínhamos conhecimento se o parlamento ribamarense chegou a apreciar e aprovar as contas de Gil.

Beto das Vilas, diferente de Gil Cutrim, ainda depende do TCE para aprovar suas contas. É exatamente nisso que o prefeito ribamarense conta para acelerar aprovação do parecer sobre o exercício financeiro de 2012. Mas o que Cutrim prometeu a Beto? Aguardem, pois nos próximos dias o blog vai trazer mais detalhes sobre o assunto!

Leia mais notícias em blogdoantoniomartins.com e siga nossa página no Facebook. Envie fotos, denúncias e informações ao blog por WhatsApp pelo telefone (98) 99158 6766.

Deixe o seu comentário