• 13 de Fevereiro de 2015
  • 0

Cléber verde mantem assessor preso pela PF em seu gabinete

cleber verdeO deputado federal Cléber Verde (PRB) é daqueles que não abandona um bom amigo, e não importa o que ele tenha feito, mesmo que seja alguém que já foi preso acusado de corrupção.  Que o diga seu assessor, Antônio Jocker Muniz Ribeiro, um dos ex-funcionários do IBMA que foram pilhados na Operação Ferro e Fogo da Polícia Federal, que investigou um esquema de corrupção dentro do órgão.

O assessor do parlamentar integra uma relação de 24 pessoas presas pela PF em dezembro de 2014 por participação no esquema de corrupção no IBAMA, que vinha sendo investigado desde setembro de 2013.

Segundo informações repassadas ao blog, Antônio Jocker Muniz Ribeiro seria protegido do ex-juiz Sérgio Muniz, amigo do deputado Cléber Verde. Os dois mantinham uma relação estreita no Tribunal Regional Eleitoral, no período em que Sérgio Muniz atuou como juiz eleitoral.

Em meio o envolvimento de seu assessor num esquema que envolvia desde propina, o parlamentar não só não exonerou o servidor como o manteve em seu gabinete para os próximos quatro anos de mandato.

Ontem, Cléber Verde esteve na Assembleia Legislativa discutindo melhorias para o setor da pesca no estado. Aliás, este é outro assunto que não vai  cheira bem  para os irmãos Verde.

blog marcelo vieira

Deixe o seu comentário