• 24 de Março de 2015
  • 0

Diretor de Comunicação da Assembleia pode responder na Justiça por acusações sem provas

Carlos Alberto tenta apagar reputação ruim como gestor público

O titular do blog [e provavelmente os demais que repercutiram o assunto] estuda acionar o diretor de comunicação da Assembleia Legislativa do Maranhão, Carlos Alberto Ferreira na Justiça por conta das declarações infundadas publicadas na imprensa.

VEJA TAMBÉM:   
Carlos Alberto tenta apagar reputação ruim como gestor público
Diretor de Comunicação da Assembleia foi indiciado por formação de quadrilha em São Paulo

Na semana passada, Carlos Alberto divulgou nota na imprensa, numa tentativa, frustrada, de apagar sua reputação ruim como gestor público. Ao esclarecer o seu indiciamento por formação de quadrilha em São Paulo, Carlos Alberto afirmou que “não se curvaria às chantagens de qualquer natureza, sejam pessoais, de blogueiros ou meios de comunicação” atingidos pelas medidas que vem implantando na diretoria de comunicação da Casa.

As declarações do chefe da comunicação do parlamento maranhense levantam alguns questionamentos:

Se houve chantagens de quem quer que seja, por que Carlos Alberto não apresentou provas?

O blog vai se reunir, na tarde de hoje, com a assessoria jurídica para analisar que tipo de ação ingressar na Justiça e cobrar do diretor de comunicação provas de suas declarações que atacam blogueiros e meios de comunicação.

Por mais que tente passar uma borracha no passado, a verdade é uma só: Carlos Alberto sabe muito bem que, sem passado não há futuro.

Deixe o seu comentário