• 6 de Maio de 2015
  • 0

Em protesto, manifestantes pedem prisão do prefeito de Santa Rita

manifestaMoradores de Santa Rita realizaram, na manhã de hoje, manifestação em frente à Prefeitura do Município para pedir a prisão do prefeito Antônio Candido Ribeiro, o Tim (PRB), que é investigado pelo Ministério Público Estadual pelos crimes de corrupção passiva, prevaricação, peculato e formação de quadrilha ou bando. A maioria dos manifestantes era formada por comunidades rurais. O protesto durou cerca de 40 minutos.

Os manifestantes cobram da Justiça, além da prisão do gestor, o seu afastamento da prefeitura para que o escândalo de corrupção não venha comprometer os setores da administração municipal. “Tim, ladrão, seu lugar é na prisão”, gritavam os manifestantes.

VEJA TAMBÉM:
Prefeito recebe verba, mas não constrói hospital em Santa Rita
Deputado federal recebeu doação de secretário investigado por corrupção em Santa Rita
Prefeito de Santa Rita resiste, mas licença já é vista como certa
Secretário ligado à agiota movimenta contas da Prefeitura de Santa Rita

O protesto em Santa Rita coincidiu com a prisão do agiota Josival Cavalcanti da Silva, mais conhecido como Pacovan, que possui forte ligação com ex-secretário de Saúde de Santa Rita, Uthan Avelino de Jesus Carvalho.

Em 2014, por exemplo, o chefe do executivo municipal santa-ritense assinou portaria publicada no Diário Oficial do Estado delegando uma série de poderes ao ex-secretário. Entre as atribuições, Uthan [homem forte de Pacovan] tinha poderes para delegar despesas para movimentação bancária, gestão de contas públicas e a assinatura de documentos relacionados, justamente para ordenação de despesas do Fundo Municipal de Saúde.

Os moradores santa-ritenses aproveitaram a prisão de Pacovan para realizar um ato contra corrupção na saúde, educação, infraestrutura e pelo abandono do município. “[…] Um deputado, um vereador, um senador, um presidente da república que rouba dinheiro público, ele tá matando gente no hospital, na escola e nas estradas. Ele é o pior dos bandidos da nação e ele tem que ser julgado e condenado como assassino”, declarou um dos manifestantes no vídeo que circula nas redes sociais.

Deixe o seu comentário