[vc_row remove_padding=”no-padding” el_class=”bannerp”][vc_column el_class=”pbanner” css=”.vc_custom_1476385614594{padding-top: 5px !important;}”]

[/vc_column][/vc_row][vc_row][vc_column width=”2/3″]

Audiência pública tratará sobre prevenção às drogas em São Luís

  • 17 de outubro de 2017
  • 0

Ver Umbelino Junior 

A Campanha Maranhão na Prevenção às Drogas foi lançada em março desse ano e já percorreu 66 municípios do Estado. O objetivo é sensibilizar os poderes, autoridades e sociedade para aprovação das Leis de criação do Conselho Municipal de Políticas sobre Drogas, Fundo Municipal e Conselhos Escolares sobre Drogas.

“Infelizmente o problema com as drogas tem afetado muitas famílias em nossa cidade, por este motivo, decidi trazer o projeto para ser debatido problemáticas, estratégias de repressão e prevenção às drogas aqui em São Luís.

É importante salientar que é uma grande oportunidade a toda sociedade debater este projeto conosco. Venha contribuir conosco buscando melhores caminhos, evitando assim, que jovens e crianças se enveredem para o mundo do crime” complementou o parlamentar.

A um ano do pleito, Flávio Dino desponta como favorito”, analisa Márcio Jerry

  • 17 de outubro de 2017
  • 0

O secretário de Estado de Comunicação Social e Articulação Política, Márcio Jerry, analisou, pelas redes sociais, a pesquisa Data Ilha/Difusora divulgada nesta segunda-feira (16). Para ele, o mais novo levantamento confirma os dados divulgados – também neste mês – pelo Jornal Pequeno/Exata.

“Flávio Dino mantém em intenções o que teve de votos em 2014: 64%”, disse o secretário. “Os dois institutos posicionam Flávio Dino acima de 60% de intenções de votos. E com elevada margem aprovação do governo e pessoal”, reiterou.

De acordo com Jerry, a um ano do pleito, Flávio Dino desponta como favorito. “Até lá mais muito trabalho e luta intensa para confirmar vitória do povo maranhense”, garantiu Márcio Jerry.

Pesquisa

O atual governador Flávio Dino mantém vantagem sobre a quatro vezes ex-governadora Roseana Sarney na pesquisa DataIlha/Difusora divulgada esta segunda-feira (16). Em novo levantamento, Dino tem 30 pontos de vantagem sobre Roseana: 62% contra 28% dos votos válidos.

 

Gil Cutrim participa de encontro com lideranças políticas em Nova Olinda

  • 17 de outubro de 2017
  • 0

Gil em reunião política na cidade de Nova Olinda

O ex-prefeito Delmar Sobrinho abriu sua residência para receber, o ex-prefeito Gil Cutrim em uma reunião política na cidade de Nova Olinda. Na ocasião Delmar, apresentou os candidatos que apoiará no Maranhão em 2018, tendo Flavio Dino como Governador, Weverton Rocha ao Senado, Gil Cutrim para deputado federal e ainda Raimundo Cutrim para estadual.

Uma grande festa popular que reuniu centenas de pessoas. Estiveram presentes ainda o Prefeito de Santa Luzia do Paruá, Plácido Holanda, vereadores, ex-vereadores e dezenas de lideranças. “Temos buscado construir junto com os companheiros e a população um projeto coletivo para 2018, esse foi mais um importante passo, para levarmos a Nova Olinda e região mais avanços e políticas públicas”, destacou Gil.

Crime organizado pode ter financiado campanhas de Orias em Bela Vista

  • 17 de outubro de 2017
  • 0

Agiota Galego da Batata emprestou dinheiro para Orias e agora corre atrás do prejuízo

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) acionou a Agência Brasileira de Inteligência (Abin) e a Polícia Federal para investigar o avanço do crime organizado na política no Maranhão.

Os criminosos estão agora decididos a investir arrojadamente na eleição de políticos no ano que vem ou de lançar candidatos apoiados por eles, para fortalecer a estrutura do banditismo no Estado.

A informação tem como base uma afirmação do presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Gilmar Mendes, ao jornal O Globo na edição do dia 08 deste mês.

Um desses possíveis casos de financiamento eleitoral pelo crime Organizado pode ter ocorrido em Bela Vista na campanha do prefeito Orias de Oliveira Mendes, do PCdoB.

Pelo menos um dos cruzamentos de doação de campanha com dados do Procedimento Policial Eletrônico (PPE) – idealizado pelo governo federal e que integra a plataforma do Sistema Nacional de Informações de Segurança Pública, Prisionais e sobre Drogas (Sinesp) – constatou que um dos doadores de campanha de Orias é suspeito de integrar um esquema de roubo de carros nos estados da região Nordeste.

O prefeito bela-vistense já disputou pelo menos três eleições majoritárias no município: 2008, 2012 e 2016. Das três, venceu duas: 2008 e 2016. Em todas elas, entretanto, recebeu doações.

Um desses doadores foi Marcos Jhones Carvalho Silva. No dia 15 de julho de 2012, ele fez uma doação de R$ 3,5 mil para a campanha de Orias.

Marcos Jhones, mais conhecido por Marquinhos, foi preso pela Polícia Civil de Santa Inês no dia 14 de setembro do ano passado, com um carro, modelo Pajero Dark, placas JKI-7212, que havia sido roubado em agosto de 2015. O veiculo estava com chassi e motor adulterados. Marquinhos, financiado de campanha de Orias, pagou fiança e foi liberado para responder pelo crime de receptação de carro em liberdade.

 

Doador de campanha de Orias foi preso com carro clonado

LIGAÇÕES COM AGIOTAS

No Maranhão, o ministro Gilmar Mendes demonstra preocupação com o financiamento de campanhas feitas por agiotas, cuja origem do dinheiro seria da facção Primeiro Comanda da Capital (PCC).

“No Maranhão, nós acompanhamos a situação de agiotas financiando as eleições, com dinheiro que viria do PCC. Tudo isso é preocupante e não podemos querer que o quadro da política no Brasil, que já não é exemplar, se torne ainda pior”, afirmou o presidente do TSE.

Documento obtido pelo blog revela que o prefeito Orias também é suspeito de ter recebido esse tipo de financiamento, principalmente de dois agiotas conhecidos no submundo do crime: Josival Cavalcanti, o Pacovan; e Cristiano Damasceno, vulgo Galego da Batata.

 

 

A revelação do financiamento com Pacovan foi feita pelo pistoleiro Wellington Silvestre dos Santos, conhecido como Júnior Alagoano, durante um depoimento aos delegados Ney Anderson Gaspar, Victor Okano Nascimento, e Jalves Carvalho, ambos do Departamento de Combate ao Crime Organizado (DCCO), órgão ligado à Superintendência Estadual de Investigação Criminal (SEIC).

Já a ligação de Orias com Galego da Batata, rival de Pacovan, vem de campanhas passadas. Galego sempre emprestou dinheiro para Orias financiar sua campanha. Nos últimos dias, entretanto, o prefeito vem se escondendo para não pagar o débito com o agiota. Existem várias evidências que mostra as ligações de Orias com o crime organizado. No entanto, vamos contar mais detalhes  nos próximos dias.

Leia mais notícias em blogdoantoniomartins.com e siga nossa página no Facebook. Envie fotos, denúncias e informações ao blog por WhatsApp pelo telefone (98) 99218 9330.

PF começa a periciar diploma escolar usado por prefeito de São João do Caru para obter registro eleitoral

  • 17 de outubro de 2017
  • 0

Os peritos da Polícia Federal investigam, desde o dia 05 do mês passado, um diploma escolar usado pelo prefeito de São João do Caru, Francisco Vieira Alves (PTC), para obter o registro eleitoral de sua candidatura durante as eleições de 2016. A denúncia que foi apresentada à Justiça pelo Ministério Público Eleitoral (MPE) é baseada em documentos obtidos e publicados com exclusividades pelo blog, em novembro do ano passado.

De acordo com a denúncia, o diploma apresentado por Xixico, como é popularmente conhecido na cidade, ao Cartório da 78ª Zona Eleitoral para comprovar a sua escolaridade pode não ser verdadeiro. Isso porque o documento expedido pela Escola Artur Costa e Silva, sediada no Centro daquele município, informa que o prefeito havia concluído a 8ª do ensino fundamental na entidade em 1998.

>>Prefeito de São João do Caru é investigado por fraude eleitoral
>>Suposto diploma falso dá registro a prefeito eleito em São João do Caru

No entanto, um teste feito por ele para comprovar sua alfabetização levantou ainda mais as suspeitas para a compra do certificado. Num papel em branco, em letras garrafais, não é possível compreender quase nada do que Xixico escreveu em sete linhas.

PF começou a periciar diploma escolar de Xixico no dia 05 de setembro

Em função disso, no dia 15 de agosto deste ano, o MPE denunciou Xixico por suposta falsificação do diploma escolar para obtenção do registro eleitoral. Três dias depois, o juiz Eduardo José Leal Moreira, do Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão, determinou que os documentos fossem remetidos à Polícia Federal para perícia.

O laudo deve ser concluído em 20 dias e será essencial para que a Justiça Eleitora dê continuidade ao processo que pode cassar o mandato de Xixico e suspender seus direitos políticos por falsidade ideológica e uso de documento falso nas eleições de 2016.

Leia mais notícias em blogdoantoniomartins.com e siga nossa página no Facebook. Envie fotos, denúncias e informações ao blog por WhatsApp pelo telefone (98) 99218 9330.

[/vc_column][vc_column width=”1/3″ heading=”heading1″ back_ground=”light” animations=” “][vc_widget_sidebar sidebar_id=”default-sidebar”][/vc_column][/vc_row]