Dois suplentes vão assumir mandatos na Assembleia

  • 1 de Fevereiro de 2015
  • 0

Pelo menos dois primeiros suplentes de deputado estadual devem assumir, nesta segunda-feira (2), cadeiras de titulares na Assembleia Legislativa do Maranhão com a escolha dos eleitos para comandar secretarias no governo maranhense. Devem assumir mandatos na Assembleia: Rafael Leitoa (PDT) e Fernando Furtado (PCdoB). Os dois serão empossados nas vagas de Bira do Pindaré (PSB) e Neto Evangelista (PSDB).

Engenheiro Rafael Leitoa vai garantir mandato na Assembleia

Bira foi escolhido pelo governado Flávio Dino (PCdoB) para o cargo de secretário de Ciência e Tecnologia. Já Neto Evangelista vai comandar a Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social.

Pescador Fernando Furtado também não ficar de fora da Assembleia

Humberto Coutinho é eleito presidente da AL com 40 votos

10277038_1058774910815098_400035131201746201_n

O deputado estadual Humberto Coutinho (PDT) foi confirmado presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão numa eleição sem surpresa, uma vez que sua vitória já era dada como certa desde o momento em que Palácio dos Leões, comandado pelo governador Flávio Dino (PCdoB) decidiu interferir na disputa e deu uma “forcinha” para o pedetista conseguir o apoio da maioria dos 42 deputados. Ele teve 40 votos a favor e, 2 contra, entre eles, Andrea Murad (PMDB) e Souza Neto (PTN).

Coutinho volta a Assembleia depois de várias legislativas e tem a missão de conduzir com desenvoltura os projetos do Palácio dos Leões. Ele foi um dos grandes aliados e financiadores da campanha do então deputado federal e agora governador Flávio Dino (PCdoB).

Conforme antecipamos ontem, a nova Mesa Diretora, para o biênio 2015/2016, colocará no topo do Poder Legislativo, figuras conhecidas de longa data pela população:

Presidente – Humberto Coutinho (PDT)
Primeiro vice-presidente: Othelino Neto (PCdoB)
Segundo vice-presidente: Glalbert Cutrim (PRB)
Terceira vice-presidente: Valéria Macedo (PDT)
Quarta vice-presidente: Graça Paz (PSL)
Primeiro secretário: Edilázio Júnior (PV)
Segundo secretário: Carlinhos Florêncio (PHS)
Terceiro secretário: César Pires (DEM)
Quarto secretário: Francisco Primo (PT)

PRP elege Juscelino Filho líder do partido na Câmara

  • 1 de Fevereiro de 2015
  • 0

A bancada do PRP na Câmara elegeu neste domingo, 1º de fevereiro, por aclamação, o deputado federal Juscelino Filho como líder do partido na Casa, segundo informações obtidas com exclusividade pelo blog. O perrepista assume o cargo hoje, durante a posse dos deputados federais eleitos e da eleição para o novo presidente da Câmara. Além de Juscelino, a bancada do PRP na Câmara, é formada pelos deputados Marcelo Álvaro Antônio (PRP/MG) e Alexandre Valle (PRP/RJ). Até o momento Juscelino é o único maranhense registrado com líder partidário junto à Mesa Diretora da Casa.

Candidato à presidência da AL é réu em 44 ações judiciais

Na Justiça Eleitoral, Coutinho disputa o ranking da 'ficha suja' com 22 processos

Na Justiça Eleitoral, Coutinho disputa o ranking da ‘ficha suja’ com 22 processos

O deputado estadual, Humberto Coutinho (PDT), que disputa amanhã a presidência da Assembleia Legislativa do Maranhão (Alema), tem nas costas extensa lista de processos, condenações e investigações judiciais, eleitorais, policiais, dentre outros. Levantamento feito pelo blog revela que o pedetista responde a 44 processos, sendo 14 apenas na primeira instância da Justiça estadual; 08 na Justiça Federal e 22 na Justiça Eleitoral.

2

Coutinho tem ficha corrida na Justiça Federal

A demora da Justiça em julgar os casos coloca Coutinho como réu em outras ações judicias propostas pelo Ministério Público no período em que ainda era prefeito de Caxias-MA. Alguns dos processos estão em fase de recurso.

4

Só na primeira instância da Justiça estadual, ele responde a 14 processos

Vale ressaltar que, o deputado Humberto Coutinho (PDT) foi o escolhido de Flávio Dino (PCdoB) para comandar o Legislativo. O comunista se elegeu com o ‘surrado’ discurso de renovação e mudança. Por várias vezes, chegou a condenar  as velhas práticas de seus adversários.

Maranhenses tomam posse amanhã no Senado e Câmara

  • 31 de Janeiro de 2015
  • 0

Os senadores e deputados federais eleitos em outubro de 2014 serão empossados neste domingo, em reunião a ser realizada em Brasília. No caso dos senadores, a posse ocorre no plenário do Senado, com início às 15h. No mesmo dia, haverá a eleição do presidente e, se houver acordo, dos demais membros da Mesa Diretora que irá comandar os trabalhos do Senado no biênio 2015-2016.

Pelo Maranhão, toma posse na condição de eleito para o cargo o senador Roberto Rocha (PSB), que na última sexta-feira, renunciou ao cargo de vice-prefeito de São Luís.

A Mesa Diretora do Senado é composta pelo presidente, dois vice-presidentes, quatro secretários e quatro suplentes, todos com funções definidas pelo Regimento Interno. A escolha ocorre em votação secreta. Caso exista só um candidato, o voto poderá ser dado por meio do painel eletrônico, se houver entendimento do plenário. Havendo mais de um candidato, a votação utilizará cédulas de papel.

Até ontem, o senador Luiz Henrique (PMDB-SC) e Renan Calheiros (PMDB) eram os únicos candidatos a presidente do Senado.

CERIMÔNIA
A posse se dá numa reunião do Senado, chamada de “preparatória” pela Constituição Federal. Sendo assim, é considerada uma reunião de trabalho, razão pela qual não são convidadas autoridades externas. A posse, aliás, costuma ser rápida.

Pelo Regimento Interno, a direção dos trabalhos caberá à Mesa anterior, excluídos os senadores cujos mandatos terminam junto com a 54ª legislatura, ainda que reeleitos. Nesse caso, a Presidência ficará a cargo de Renan Calheiros – atual presidente – uma vez que continua exercendo o mandato de senador até 2019.

CÂMARA
Na Câmara, dos 513 que tomam posse no próximo domingo (1º), 289 são deputados reeleitos, 26 já tiveram mandato em algum momento e 198 são novatos. A grande maioria dos eleitos é homem (462), possui ensino superior completo (410) e tem entre 51 e 60 anos (187). Há predomínio de brancos (80,1%), com 15,8% de pardos e apenas 4,1% de negros. As mulheres representam 10% da Casa – 51 deputadas.

Após a cerimônia de posse, os deputados terão até as 13h30 para registrarem a formação de blocos parlamentares na Secretaria-Geral da Mesa Diretora (SGM). Às 14h30, ocorre a primeira reunião de líderes para definir quais partidos ou blocos ocuparão quais cargos na Mesa Diretora, que é composta pela Presidência da Câmara dos Deputados, duas vice-presidências, quatro secretarias e igual número de suplências. Todos têm mandato de dois anos.

Quatro parlamentares anunciaram oficialmente candidaturas à Presidência da Casa: Arlindo Chinaglia (PT-SP), com apoio do PT, do Pros, do PCdoB e de parte do PR e do PSD; Chico Alencar (Psol-RJ), candidato oficial pelo Psol; Eduardo Cunha (PMDB-RJ), apoiado por PMDB, PTB, Democratas, Solidariedade e PSC; e Júlio Delgado (PSB-MG), com apoio do PSB, do PSDB, do PV e do PPS. Os nomes para os demais cargos devem ser definidos na reunião de líderes de domingo.

NOSSA BANCADA
A bancada maranhense na Câmara é composta por 18 deputados federais. Da legislatura que se encerra hoje, somente seis conseguiram se reeleger: Cléber Verde (PRB), Sarney Filho (PV), Weverton Rocha (PDT), *Alberto Filho (PMDB), Pedro Fernandes(PTB) e Waldir Maranhão (PP). Ao lado deles, estarão: Hildo Rocha(PMDB), Victor Mendes(PV), João Marcelo (PMDB), Eliziane Gama (PPS), Rubens Pereira Júnior (PCdoB), Zé Reinaldo Tavares (PSB), João Castelo (PSDB), Juscelino Filho (PRP), Aluísio Mendes (PSDC), André Fufuca (PEN), Zé Carlos (PT) e Júnior Marreca (PEN) .

*Uma reviravolta no caso envolvendo Julião Amim (PDT) e Alberto Filho (PMDB) mudou. Neste sábado (31), o desembargador José Eulálio Figueiredo de Almeida concedeu um mandado de segurança suspendendo os efeitos da liminar concedida pela juíza eleitoral Alice Rocha. Com essa nova decisão, quem tomará posse na Câmara de Deputados será o pedetista Julião Amim.