• 20 de Abril de 2015
  • 0

Professores de Porto Rico ameaçam parar, no próximo dia 8, caso estatuto não seja cumprido

Prefeita de Porto Rico, Rosa Fonseca.

Prefeita de Porto Rico, Rosa Fonseca.

Professores do município de Porto Rico ameaçam paralisar atividades e protestar contra a prefeita Rosa Fonseca no próximo dia 8 de maio, caso o estatuto do magistério não seja devidamente respeitado.

O presidente do sindicato dos professores de Porto Rico, professor Antônio Carlos Coimbra, afirma que o repasse de 8% aos professores do magistério e os 30% aos professores graduados não estão sendo cumpridos, ao contrário do que fazia a gestão anterior.

 

De acordo com o presidente, a paralisação será total caso até lá a prefeita não atenda o que prometeu. O atual secretário de educação do município, que também é professor e vice prefeito, o professor Santos, não estaria contribuindo para resolver a situação e nem se põe em defesa da categoria.

 

Tem mais

A prefeita Rosa é acusada de ter contratado inúmeros funcionários de maneira indevida. Exemplo da escola Antomar Magalhães onde existem três cozinheiras e mais cinco outras pessoas sem ocupação no local. A denúncia já teria sido feita ao Ministério Público.

Deixe o seu comentário